quarta-feira, fevereiro 11, 2009

HAHAHA

"Minha Amante e minha amiga:
Eu e o meu coração ambos nos rendemos às vossas mãos e suplicamos ser recomendados à vossa boa vontade, e que pela ausência, a vossa afeição não diminua por nós, pois tal só aumentava a nossa dor, o que seria uma grande pena, uma vez que a ausência é suficiente, e maior do que alguma vez a poderia sentir.
(...) Assim é o nosso amor; a ausência distancia-nos, contudo o fervor aumenta - pelo menos da minha parte. Espero o mesmo de si, assegurando-lhe que no meu caso a angústia da ausência é tão grande que seria intolerável se não fosse a firme esperança que tenho na vossa indissolúvel afeição em relação a mim. Para vos lembrar disso,e por não estar presente diante de vós, envio-vos a coisa mais aproximada possível quer dizer o meu retrato, e o conjunto, que já conhece, de pulseiras. desejando-me no seu lugar quando as usar."

De Henrique VII (1491-1547) Para a sua segunda mulher Ana (Vai perder a cabeça) Bolena.

Ps: " Gosto muito de ti, muito,muito, mas tu não me ligas.....E amanhã vai chover, e as botas apertam-me....Sou bipolar....por isso amanhã ....vou-te amar tanto que vou mandar cortar-te a cabeça para fazer um porta chaves.....Ai e esta cor empalidece-me as faces.....Estou aborrecido!!!"

Texto via Revista JN

Sem comentários: